Camafeus

Camafeus

Um doce tão delicado que até parece uma joia. E não é à toa que o camafeu tem este nome. O doce foi inspirado nas joias criadas 300 anos antes de Cristo, em Alexandria.

Os camafeus eram acessórios usados nas roupas dos nobres, com figuras mitológicas ou femininas esculpidas em pedra.
Das roupas, o camafeu foi parar na decoração, em objetos como vasos e quadros nas casas da alta sociedade europeia do século 15.
Foi em Portugal, neste período, que a joia inspirou a criação da receita do doce que até hoje é um clássico da confeitaria. E foram os portugueses que trouxeram o camafeu para o Brasil, durante a colonização.

Por ter ingredientes que eram raros por aqui naquela época, como nozes e glacê, o camafeu era servido apenas em festas especiais e virou sinônimo de nobreza. Por isso, até hoje é considerado um doce fino. Aliás, o camafeu é presença obrigatória em festas de casamento. E não é para menos: seu sabor delicioso, com recheio de leite condensado, nozes e cobertura com fondant é praticamente uma unanimidade.