Artigos

Como usar a internet para vender mais

A internet é uma verdadeira vitrine de seus produtos, uma ferramenta que pode ser usada para potencializar sua marca e vender mais seus produtos.

Use a internet para vender mais

Aprenda como utilizar as redes sociais para melhorar suas vendas

A internet é uma verdadeira vitrine de seus produtos, uma ferramenta que pode ser usada para potencializar sua marca e vender mais seus produtos.

E para te ajudar a fazer melhor uso dela, reunimos várias dicas sobre como utilizar as redes sociais e plataformas digitais para divulgar sua marca e faturar ainda mais com suas receitas.

Tudo começa com boas fotos

Um dos primeiros passos para uma comunicação eficiente são boas fotos. Ainda mais quando falamos de chocolate e confeitaria. É o que vai fisgar o olhar de seus clientes e valorizar seus produtos como eles merecem. Afinal, não adianta nada caprichar na receita e não ter fotos de divulgação à altura, não é mesmo?

Boas fotos também são essenciais para seu cliente conferir detalhes do produto. Por isso, pense no enquadramento, luz, cor e ângulo, busque boas referências de marcas que você admira. Existem aplicativos gratuitos de edição de imagem que também podem ajudar nessa produção.

 

Marque, curta, compartilhe!

Invista tempo em atendimento e relacionamento pelos canais digitais. Um diálogo eficiente ajuda a fidelizar a sua clientela a médio e longo prazo. E não se esqueça de disponibilizar na descrição da rede seu e-commerce ou telefone de WhatsApp.

Por falar em Whatsapp, o aplicativo conta com uma versão Whatsapp Business exclusiva para empresas e empreendedores, com funcionalidades que atendem diretamente esse público. Além de gratuito, o app permite registrar um telefone fixo, criar uma interface com sugestões de mensagens automáticas, etiquetas para organizar os status de cada contato e até criar um catálogo de seus produtos. Você ainda pode criar conteúdos relacionados aos seus produtos que interessem aos clientes. Dicas de consumo, harmonização e informações sobre ingredientes, por exemplo, podem ser exploradas em períodos de maiores vendas, como Páscoa e datas comemorativas. Só não exagere na quantidade de envios para não correr o risco de sofrer um bloqueio de seu cliente.

 

Marketplace é opção para quem está começando

Os marketplaces são como um grande shopping center de lojas virtuais, com diferentes lojistas em uma mesma plataforma. Elas usufruem da mesma estrutura tecnológica – ou seja, você não precisa se preocupar com o desenvolvimento de um site – e conta ainda com credibilidade da marca para atrair consumidores. O investimento é bem menor, pois o lojista paga uma comissão sobre o valor de cada venda realizada. Para criar uma loja em um canal como esse, basta acessar o serviço da plataforma escolhida e cadastrar os dados de sua empresa. Após o processo de informação, você poderá cadastrar os seus produtos. Lembrando que, ao realizar uma venda, você é o responsável por emitir a nota fiscal e entregar o produto. Seu pagamento será feito de acordo com os termos estabelecidos pelo marketplace.

Organize seu tempo

Para concluir, lembre-se de que, assim como gerir um negócio no mundo real, no mundo virtual também é preciso ter disciplina e uma boa gestão do seu tempo para atender aos pedidos com um tempo de resposta ágil, produzir os conteúdos e alimentar suas redes com frequência.